PRÊMIOS

A ILAN realizou seu primeiro grande evento de Prêmios para a Inovação no dia 16 de janeiro de 2020 na Cidade do México.

 

O objetivo desses prêmios é promover e reconhecer a inovação existente no México e na América Latina; eles são outorgados aos agentes de mudança que se atrevem a modificar e melhorar os elementos e realidades existentes.

CATEGORÍAS:

EDUCAÇÃO

Contribui para melhorar a qualidade do aprendizado e para desenvolver as melhores práticas educacionais para os alunos, através de um projeto realmente inovador que é implementado positivamente no setor acadêmico.

Áreas consideradas: ensino, psicologia, sociologia, filantropia e desenvolvimento social.

SAÚDE E CIÊNCIA

Trabalho ou descoberta que desenvolveu um novo projeto focado em melhorar a qualidade de vida das pessoas.

Áreas consideradas: ciência, medicina, pesquisa, divulgação e engenharia biomecânica.

COMUNICAÇÃO

Através de uma estratégia criativa de geração de conteúdo de valor, que, com sua capacidade de estabelecer e disseminar uma comunicação eficaz, desenvolveu um projeto realmente inovador que o torna um agente de mudança para a sociedade.

Áreas consideradas: artes, cinema, divulgação, documentário e pesquisa.

MEIO AMBIENTE

Projetos relevantes que beneficiam o ecossistema e promovem o cuidado dos recursos naturais do nosso planeta.

Áreas consideradas: engenharia, ciência, design e pesquisa.

TRANSFORMAÇÃO SOCIAL

Ações que evidenciam e  abrem o diálogo intercultural e o trabalho  colaborativo para promover uma sociedade mais inclusiva e justa.

Áreas consideradas: política, sociologia, antropologia e filantropia.

TECNOLOGIA

Inovações que trazem valor ao ambiente tecnológico atual; soluções transformadoras que ajudam a alcançar o benefício comum e abrem um precedente com sua nova descoberta.

Áreas consideradas: design, programação, startups e hardware vs. software.

PAZ

Iniciativas inovadoras que incentivam e promovem a fraternidade e dão um impulso prático ao trabalho humanitário voltado para o desenvolvimento dos direitos humanos, a fim de melhorar a qualidade de vida das pessoas.

Áreas consideradas: política, sociologia, psicologia, humanidades e antropologia.